5 de outubro de 2009

Point Ésse-Vê Acontece em Dezembro

Quem acompanha esse blog já conhece o PSV – Portfolio Sem Vergonha, site que auxilia a produção de portfólio entre estudantes e profissionais de criação publicitária. Tive a alegria de participar como júri de um dos desafios propostos aos criativos (o briefing 9). É, a turma de lá acredita mesmo na integração Criação-Atendimento.

É com alegria também que dou a dica aqui da celebração dos 2 anos do PSV, que será em grande estilo com o evento Point Ésse-Vê – Encontro entre os Participantes do PSV, em dezembro, em São Paulo. “A programação está bem variada e teremos pela primeira vez o julgamento de um briefing ao vivo, já que os desafios e resultados do PSV acontecem sempre via Internet”, conta Mauro Sérgio de Morais, criador do site. Im-per-dí-vel.


Falando em integração e boas dicas, publicamos aqui um texto superbacana de um dos colaboradores do PSV , o Tenório Cavalcanti (foto).  Ele é escritor e  trabalha como redator na Art Office/Curitiba. Tenório confessa: "Sou apaixonado por Atendimento". Não por acaso as suas dicas vão também para os Atendimentos, além dos criativos:

60 DICAS DE UM RED-ATOR

1. Antes de pensar propaganda, entenda marketing. Antes de pensar marketing, entenda gestão empresarial, antes de pensar gestão empresarial, estude muito sobre gestão empresarial.

2. Quando você estiver achando que é muito bom, não peça aumento, peça demissão.

3. Antes de reclamar do salário, reclame de você para você.

4. Se você faz freelance enquanto trabalha numa agência é porque não ganha bem. Se você não ganha bem, faça por merecer ganhar mais.

5. Nunca abandone os clichês. Eles são um eterno material de pesquisa.

6. Toda ideia original é resultado da mistura ou transformação dos clichês.

7. Se sua maior qualidade é ser criativo, mude de ramo.

8. Recuse-se ir a reuniões quando não está preparado.

9. Nada que te deixa dopado acelera o processo criativo.

10. Fazer serão não é regra, é imposição da conveniência.

11. Quem sabe usar o tempo, faz menos serão.

12. Atendimento despreparado é sinônimo de pressão. Sinônimo de pressão é desespero. Sinônimo de desespero é prejuízo. Fim do ciclo.

13. Seu patrão é seu talento.

14. Seu ídolo é seu ideal.

15. Só baixe a cabeça pra fazer rough.

16. No varejo, tenha paciência. Na paz, passe para outro job.

17. Redator: quando estiver depressivo, escreva títulos sobre você.

18. Dir. de arte: quando estiver depressivo, faça um desenho sobre você.

19. Planejamento: quando estiver depressivo, planeje um amanhã melhor pra você.

20. Atendimento: quando estiver depressivo, suicide-se.

21. Você trabalha marcas. Pense em você como marca.

22. Para se conhecer melhor como publicitário, faça uma campanha sobre você mesmo.

23. A melhor defesa é uma boa defesa.

24. A melhor ideia não é a sua, é aquela da qual você se apropria.

25. Fofoca em agência é nova mídia.

26. Briga em agência é ação de guerrilha.

27. Criatividade não é virtude, é obrigação.

28. Não busque prêmio. Busque excelência. Excelência ganha prêmio.

29. Leve para a agência: um lápis e os valores da sua família.

30. Guarde o ego no coldre.

31. Pouca verba tem justificativa. Pouca criatividade não.

32. Quando sair de uma agência para outra, fale bem da anterior. Antes de sair da nova, fale a verdade para justificar a sua última saída.

33. Viaje além do baseado. Se você não fuma, gaste seu dinheiro viajando.

34. Se dizem que suas ideias valem ouro, peça comissão.

35. Público-alvo não segue tendências de propaganda.

36. Quem cria para publicitário é agência de agência. E olhe lá!

37. Em criação publicitária só há um limite: a tênue linha entre o criativo e o ridículo.

38. Se “em casa de ferreiro”… A agência vai mal.

39. Em terra de cego quem tem um olho é publicitário.

40. Não perca tempo buscando referências. Ganhe tempo buscando ser referência.

41. A propaganda que você vê na TV é um refluxo de mil ideias: ou reprovadas, ou empurradas na pressa, ou matematicamente calculadas para virar prêmio.

42. Faltou idéia? Pense ao contrário. Ainda falta? Saia da sala.

43. Compreenda as diversas filosofias e descubra que não vale a pena ter uma só.

44. Se só o Google te salva, mande seu currículo para lá.

45. Só tenha medo de riscos quando estiver desarmado.

46. O que diferencia uma pasta boa de uma ruim é o profissional que está segurando.

47. O melhor remédio para mau caráter é veneno.

48. Cem ideias e sem ideias é a mesma coisa quando não se tem uma solução para o problema.

49. Seja iconoclasta das suas próprias ideias.

50. Melhor que ter um perfil de publicitário, é ser um publicitário novo a cada trabalho.

51. Criação: entenda mais de atendimento que o atendimento.

52. Atendimento: entenda mais de criação que o pessoal da criação.

53. Melhor que ter mil ideias é ter uma solução.

54. Estude casos de sucesso e, principalmente, de insucesso, para saber como não agir.

55. Antes de jogar o briefing na criação, faça um briefing do briefing e jogue na criação.

56. Antes de exigir rapidez, explique devagar qualquer que seja o processo.

57. Melhor do que saber dar um não é saber para dar um sim.

58. Planeje suas folgas. Cultura de trabalho escravo é para quem gosta de ser escravo.

59. Vista a camisa da empresa – por baixo do seu blazer.

60. Vai chegar um momento em que você vai cansar e achar tudo isso muito patético. Parabéns, você é um publicitário de verdade.

3 comentários:

∑S∑ disse...

Eu vou no Point Ésse-Vê!

E o Zé Mayer perde longe pro @Tcavalcanti.

pedro octávio disse...

Só não gostei do "Atendimento: quando estiver depressivo, suicide-se." hehehe
Fantásticas as frases.. parabéns ao T. Cavalcanti.

O Achista disse...

alguem sabe o e-mail do RH do google?!
Muito boas as frases!